16/09/2012

MeHackeie

Em 5 de setembro de 2010, este autor teve uma ideia que o aproximou dos seus discípulos e convertidos. Ele criou uma conta no Me Pergunte, um site de perguntas aleatórias que imita a fórmula do FormspringMe, mas é brasileiro e tem vantagens que o outro site não tem: não tem limite de caracteres das perguntas, é todo personalizado e tem um clima bem descontraído, além de ser fácil de mexer.

Foi um longo tempo de jornada e este autor ficava feliz de receber tantas dúvidas, ter discussões boas e ruins, explicar e confundir informações, matar trolls, etc. Até as adversidades constantes (como o MePergunte não ter dado acesso às antigas perguntas por um tempo, ou ser hackeado) deixavam este autor feliz, pois "faz parte". Aos poucos eles se tornou até tão querido quanto a Bíblia do Rock, pois é mais atualizado que a própria e tem inúmeras informações a cada dia.

Mas o oráculo foi hackeado pela sua segunda vez, como todos já sabem, e este autor estranhou que não recebera nenhum aviso que seria hackeado antes. Bem, da última vez, foi um lammer que fez a conta do profeta ter um sumiço, e ele não era lá muito habilidoso. Neste caso, foi um hacker de verdade, e não teve o senso de teatralidade para embarcarmos numa briga épica e maniqueísta do profeta e seu exército da salvação contra o malvado doutor hacker.

Por causa disso, este autor pensou que o hacker estava determinado a persegui-lo e não estava pra brincadeira, e certamente o hackearia de novo se fizesse uma nova conta... e foi pra testar sua expectativa que ele fez a nova conta, OProfetaRocker3. Não deu outra: 5 dias depois ele foi hackeado novamente.

O MePergunte é um terreno, digamos, fácil de ser hackeado, pois não tem uma defesa imunológica muito forte. E como ele quer usar o MP e não se render ao FormspringMe nem Ask (por ambos terem limitações), este autor vai deixar de ter perguntas dos discípulos por um tempo.

Ele quer deixar a poeira baixar e arrumar uma solução pra resgatar o contato com os leitores, mas de uma forma diferente. Ele não sabe como fazer isso, mas está aberto a sugestões. No mais, este autor agradece a atenção e o carinho que recebeu por todos esses anos com o MP e espera dar uma virada nessa página pra ter um final feliz e contente.