11/02/2017

Retrô 2011: MePergunte (parte1)

= Este artigo foi publicado originalmente em 09/01/12 =

Aqui está a prometida retrospectiva de 2011, mas não falando de CDs de Rock e Metal do ano passado, mas sim falando sobre o oráculo onde todos as criaturas podiam levantar seus questionamentos, tomar esclarecimentos, buscar crescimento espiritual, e também trollar à vontade. Este é o maravilhoso MePergunte, a rede social que é uma cópia barata do FormspringMe, e que foi adotado como o domínio e morada temporária do Profeta Rocker. Ele é mais atualizado que a Bíblia e sempre traz coisas novas de conteúdo questionável. E por ser tão marcante e importante para a história da Bíblia, o Oráculo merece ser lembrado com suas melhores perguntas. Divirtam-se.

Os usuários inúteis
Uma coisa que chama atenção de todos, é o tipo de conteúdo do site: ele não tem conteúdo. Ele foi criado única e exclusivamente para fazer peguntas triviais que não são relevantes na vida das pessoas, por exemplo: Qual sua cor preferida? Qual você acha que é a sua característica mais atraente? Acredita em anjos? Um filme? Um momento inesquecível? Se o Pato Donald não usa calças, porque ele coloca a toalha na cintura depois de tomar banho? Jacaré no seco anda? E mais uma infinidade de perguntas bobas.

uma letra ? un dia ? un amor ? uma hora ? uma cor ? um nome ? um numero ? Mp ?? por lollyzinhah
C. Corpus Christi. Correspondido. Cinco. Ciano. Clebervauldo dos Dias de Jesus. Cinquenta. Ñ.

E além de perguntar coisas que (não) remetem a questões fundamentais da vida, do universo e tudo mais, os usuários também colocam esse "mp" no final, que significa "me pergunta?", como um pedido pra serem retribuídos com outras perguntas.

Mas este autor percebeu uma coisa: nenhum usuário olha as respostas que recebeu! Nenhum! Assim, este autor entendeu mais a lógica do site: os usuários só querem saber de responder coisas. E se eles não tiverem mais coisas a responder, vão perguntar coisas vãs aos outros usuários, só pra receberem mais coisas pra responder. No final, não há uma troca de informações, nem conhecimento, sinceridade, é tudo interesse.

Então, como forma de protesto (e por diversão), este autor resolveu esculachar os usuários inúteis do MP com respostas sarcásticas ou maldosas. Eles não vão ver as respostas mesmo!

Qual é o sentido da vida? O que é o amor?Qual é o segredo da felicidade? mp ? por brunaadore
Esquerdo. Love is a four letter word, and never spoken here. Se eu contar, não vai ser mais segredo. Ñ.E se eu contar, você não vai acreditar.

o ki é viver, e viver bem pra vc? por tathyferreira
Viver é ter atividade cerebral. Viver bem é ter uma boa atividade cerebral.

- Já aprendeu a Dizer adeus ou ainda tá aprendendo?MP por thailanee
Eu aprendi a falar português há muito tempo. Ñ.

Lágrimas não significam que você é fraco. Significam que você realmente se importou um dia. Concorda ? mp? por isabelafh
Não, significa que seu corpo humano contém 75% de água. Ñ.

Um momento inesquecível ? ME PERGUNTA ? por tainaprado
Esqueci. NÃO.

o qe te faaz perdeer a cabeça ? mepergunta ? por atrvlorrayne
Guilhotina. Não.

voçç acredita qe pra todo fim existe um recomeço? Pergunta? por empireofgaby
Não. A sua pasta de dente não tem um recomeço. Não.

Se pudesse morar em outro lugar ql seria?MP? por lisairee
Croácia do Norte, divisa com a República das Mexericas. Ñ.

O que te lembra?
- dinheiro: Dinheiro
- Amizade: amizade
- Amanhã: amanhã
- Passado: passado
- Chuva: e chuva.
Eu não fico associando as coisas não! Opa, tá chovendo agora.
--Pergunta? --Não.
por mariannaqueencomoda

Ta Com Sono ? por naosoukzin
Eu não vou dormir com você, ok?

vc daria td por um sonho?mp por tainaholanda
Não, meu cu é sagrado. Ñ.

Maior loucura qe vc ja cometeu?? mp? por gatagostosasemnocao
Pesquisei Google no Google, abri um portal ultra-dimensional e quase fui sugado por ele.
NUNCA façam isso, criaturas. É melhor pesquisar goatse.

já sentiu que tem alguém te usando só para chegar em outra pessoa? Pgta ;* por fhr
Sim, o Scorpion disse *get over here*, mas era só pra me tirar do caminho e acertar na cara do Sub Zero. Filho da puta! Não.
Também não sei porque fui confiar num mascarado! ,ó_ò

Uma pessoa que sempre te faz rir ? por luhac
O Pena. Ele me faz carinhos no pé.
Huummm ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Quandoo sua razão diz que não, e seu coração diz que sim quem vc obedece ? me pergunta :3 por souzathiely
Minha mãe. Não.
Não tem um ser vivo com coração que não obedeça a mãe.

Achar que o orgulho pode atrapalhar uma relação ? ~Pergunta láh? .-. por isabellantunes
Verbo no infinitivo não faz uma pergunta dirigida à pessoa. Não.
Se é pra perguntar, pergunta direito.

Prefere um olhar provante ou sorriso encantador ? Me perguntaa??? por larynat
Talvez um olhar provante... estou curioso pra saber do que se trata isso, eu nunca vi coisa assim. Não!!!
Deve ser um olhar afrodisíaco.

Um alguéem Qiii ...
Tu lembra todo dia ? Jesuiz.
qi vosê ta sempre perto ? Jesuiz. Ele é onipresente, oras pois.
qi é tão irritante ki dá, vontade de dar até um mortal nella? Jesuiz. Por ele estar em todo lugar, irrita muito.
Vaii levar p. seêmp. msm estando longe ? Jesuiz. Já falei que ele é onipresente, caramba.
fala tanto qii quando ttu ve ella na rua tu vira a cara fingiindo qe nem áa viu ? Jesuiz. Porque eu fico cansado de olhar pra ele em todo ligar que eu vou.
Manda tteu papoo láa (:
Se você largar o vibrador e começar a escrever em português, talvez eu considere em te retribuir uma pergunta. Mas não se sinta ofendida, Jesuiz está contigo.
por tthuany

NAS ULTIMAS 24HS VC: - Chorou? - Ajudou alguem? - Ficou doente? - Disse te amo?? - Teve uma conversa séria? - Perdeu alguem? - Abraçou alguem? - Brigou com alguém? - Sentiu falta de alguém? - Quis estar com alguém? - Se interessou por alguém? Mpergunta ? **, por linetridade
Eu chorei, porque me emocionei ao ajudar alguém, que estava doente, mas me emocionei quando disse "eu te amo" a ela. Eu tive uma conversa séria com ela, pois havia perdido-a, e então a abracei. Mas a gente acabou brigando... Logo ela que eu sentia tanta falta, eu só queria estar com ela! Mas quem mandou eu me interessar por outro alguém antes...
Não pergunto, ainda estou tentando digerir tudo DX
True history.

oque era tudo pra voce , e hoje ja nao é mais ? MP !! por marjorijv
Pozinho de Tang. Como todos sabem, a minha luta contra essa droga pesada vem sendo árdua, mas eu já percebo que isso não é bom pra mim e que eu prejudico não só a mim, mas a todos que eu gosto. E é aquilo, todo dia é um novo desafio, você tem que matar um leão por dia. É difícil, mas não impossível. Ñ.
True history [2]

- Hooý ammr ;$ - ???? S=(
Porque o pra sempre , sempre acaba ? :(
Mas nada vai conseguir mudar o que ficou, quando penso em alguém só penso em você, e aí então estamos bem... Mesmo com tantos motivos pra deixar tudo como está, nem desistir nem tentar, agora tanto faz... estamos indo... COMING HOOOOOOOOMEEE YOU CHASE IN TWILIGHT AND YOU KNOW, YOU WILL BE ON YOUR OOOOOWN!! ON YOUR OOOOOOOOOOOOOOOOOOWWWNN!!!
- Pergunta lá coisa liinda ? *-* , 2Bezos (L) - Não.
por karenformiga01
Esse é o efeito que se tem ao inalar pozinho de Tang. E tem diferentes efeitos ao mudar o sabor.

Você prefere saber que uma pessoa te ama demonstrando ou falando ? MP? por alinekaorymiyata
SE ELA FALA, ELA DEMONSTRA!!! CARALHOOOOOOO!!!!! Ñ.

10/02/2017

Retrô 2011: MePergunte (parte2)

= Este artigo foi publicado originalmente em 16/03/12 =

Alô, mamãe! É no estilo Bugu que este autor vos agrada com mais uma coletânea de pérolas deixadas diariamente no MP.

Uma coisa que tem que ser esclarecida é que essa retrô é um apanhado de perguntas presentes apenas na segunda conta deste autor (oprofetarocker), e não da primeira (profetarocker). Por que isso? Porque um incidente muito peculiar aconteceu. Na verdade, dois:


Experiências de morte
Há muito tempo este autor usava a conta ProfetaRocker, que tinha MAIS DE OITO MIL!!! perguntas respondidas, e tinha plano de fundo azul. Um dia, este autor desapareceu por apenas cinco dias, mas todos deram pela sua falta. As informações sobre isso eram desencontradas, Ricardo e Marnie Elmer já discutiam quem seria a pessoa apropriada para substituir o profeta, e Rubens recebia todo tipo de gritos de desespero, dúvidas gerais e informação duvidosa. Mas por que logo o Rubens?

Caramba. Te encheram de perguntas agora que o profeta fez sei lá o que da vida...mas na verdade nenhuma foi bem uma pergunta neh...até eu vim fazer uma pergunta agora,sendo que a causa da pergunta é o profeta ja que não iriam te encher de perguntas se ele não tivesse ausente e dai eu nao falaria tudo isso. por matheusvcz
E que eu sou o mais conhecido, logo aqui virou a central reserva.

É acho que faltou paçoquinha pro Renan rsrrsrs por derickrocker
Ele deve ter ido comprar mais, vamos esperar.

Renan simplesmente foi para Valhala, junto com Odin para finalmente começar o Segundo Ragnarok, voltando de Valhala como o Grande Profeta do Rock do 2° Ragnarok. Boa sorte na sua jornada, Renan! Que Odin te abençoe e que o Rock se alastre por Midgard!
Que nada, ele deve estar sem internet.

Exatamente, Rubens! Mas o povo ficou tão desesperado que, até fazer um novo site, o pessoal pensou em fazer! Qualquer semelhança entre filhos que matam seu pai rico pra ficar com a herança, é mera coincidência.

É ela tem razão. Logo ele volta ae. Nossa idéia era de que, se algo grave tivesse acontecido, criar o novo testamento, algo do tipo A.R e D.R, com você liderando e alguns de nós ajudando, como: eu e mais alguem na parte humorística, você na parte técnica e a marina e a caroline (marnielmer) na parte filosófica, mas sem se limitar a isso. Mas já que ele fez essa idiotice...assaasusahhsauha por Ricardo
Eu não sei se ia ter clima para fazer textos humoristicos.

E uma dessas informações duvidosas mais convincentes foi essa:

Eu conheço o Renan. Sou a irmã mais velha dele, só vim avisar o que mais anda no MP dele que ele não vai entrar por um tempo, pois o imbecil jogou o computador no chão de raiva quando a internet caiu. Como não vou emprestar o meu para ele, ele que se dane e sofra as consequências mesmo... Tchau! por Catarina
Uma explicação bem convincente

Depois de um tempo este autor voltou com uma desculpa mais esfarrapada que as que bêbado dá e agradeceu ao apoio que recebeu quando estava "morto", além de esclarecer que a tal de Catarina não era sua irmã biológica, mas apenas um troll que se aproveitou da situação pra aparecer.

Gostei do pessoal fazendo essa corrente positiva pelo Profeta Esperança! Esperando tempo necessário até que fizessem um novo blog (hohoho) Enfim, ficam aqui meus agradecimentos pela preocupação do sumiço, e também a esse espaço que foi forçadamente uma central de últimas notícias. (Puxa, já fiquei um mês sem dar as caras, não precisava tanta afobação! rs) por profetarocker
Concordo, mas naquela epóca voce não tinha me pergunte. e de nada.

A partir daqui as respostas já serão deste autor, não do Rubens.

Amor, eu disse pra Marina que tava tudo bem com a gente, mas acho que o pessoal não me dá muito crédito... rs ¬¬ por thaiss77
"Hey, Thais, tudo bom? Você e o Profeta andam sumidos... Aconteceu alguma coisa?
Oi Marina, estamos bem! Em breve estaremos de volta!!!"
É, geralmente ignoram a fonte e acreditam na Catarina, um troll marcante rsrs
Poisé, e eu voltarei qualquer dia "Maninho"; trollar aqui é tão legal, rapidinho ganho fama... hohoho Enfim, cheguei perto da verdade até... Quebrou teu pc pela net ter caido, até que não foi tão longe Tchau por Catarina (A troll marcante. Gostei deste titulo, vou usar mais vezes!)
Duvido você voltar e ser MAIS marcante. Desafio lançado!
Pode deixar, só esperar o momento certo... Afinal, se você sumir denovo posso marcar em nome de outra pessoa... ou mesmo quando esquecerem de mim. Mas uma coisa sei: Não irei sumir de sua vida mais. por Catarina
Assim seus planos serão frustrados, pois todos serão mais céticos. É melhor pensar em outro plano. Não vai sumir da minha vida? Que merda... a OiProfeta ganhou uma concorrente nova.
A OiProfeta quer é namorar contigo. Então ela não tem concorrência... E sim, eu ja tenho um plano em mente. Mas não acho certo falar qual é. Não agora. por Catarina
Tem concorrência sim, vocês duas são trolls querendo chamar atenção desnecessária! Esperamos (na verdade não) seu próximo passo. Que Loki esteja contigo.
Podem esperar sim, eu prometo voltar aqui, e desta vez marcar este lugar ainda mais. Devo admitir que quando mandei aquela trollada pro Rubens, eu tinha a impressão de que não levariam a serio: Mas levaram... e isto é incrivel. Só espero que quando eu voltar a trollar aqui, você tenha um pote de paçoquinhas (aquele que vem 67 mais ou menos) cheio ao seu lado, pois tenho certeza que se tudo correr como planejado, o caos predominará sobre este MePergunte. por Catarina
Gostei da sua motivação! Mas eu não precisei de paçoquinhas da última vez... Claro que seus pensamentos positivos vão querer que eu precise delas.

E adivinhem o que aconteceu tempos depois?

A pagina do profeta nao ta sendo encontrada aqui... por fabriciorock 
nem aqui.
Mp do profeta sumiu... por gregdesouza 
Eu vi
A catarina invadiu o MP do profeta e deletou ele? por ricardopieper1
Não, mas tá ai uma boa opurtunidade de trollagem

Recorreram ao MP do Rubens de novo! Desta vez, a conta do profeta não estava sendo encontrada, e concluiu-se que ela foi apagada por um hacker. Quem foi o primeiro suspeito? Catarina, claro. Solucionando o problema, o profeta fez sua segunda conta, desta vez com plano de fundo em vermelho.

Obrigada pelas suspeitas e não-suspeitas, mas não. Não fui eu que te hackeei ou sei lá o que houve. Eu até ia fazer isso para dar um sustinho, mas alguém foi mais ráp... Digo... Eu não fiz nada! por Catarina
Entendemos que alguém trollou você! rs
Mas se não foi ela, então quem foi???

Olha to falando serio, fui eu que hackeei e exclui sua conta,por que eu fiz isso? vou bater seu record de perguntas!!!!!!! nem peça para devolver, ja exclui! por profetarock
Acreditei em cada palavra.
kkk, ok entao so pra provar vo hack essa tbm por profetarock
Assim eu acredito.

Profeta Rock é um fake do profeta que ansiava por receber um pouco mais de atenção. Como esse objetivo não deu certo, ele adotou essa medida extrema. Um dia, à noite, a conta do profeta original foi apagada por minutos, mas voltou em pouco tempo, tornando aquela ameaça realidade.

E umas semanas depois, o fake se arrependeu do que fez e devolveu a conta hackeada ao banco de dados do site, deixando-a em seu devido lugar. Apesar dela estar inativa agora, ela ficará viva em memória de todos esses acontecimentos.

09/02/2017

Retrô 2011: MePergunte (parte3)

= Este artigo foi publicado originalmente em 23/04/2012 =

Aqui está a última parte da retrospectiva do MP, publicada antes da retrô de discos (em pleno abril! Pode isso?). E nesta edição, este autor vai reunir todos os personagens importantes que passaram pela seleta conta deste profeta, todos que marcaram de alguma forma e fizeram diferença. Os discípulos mais conhecidos, os que não são frequentes, e até a raça que você vê abaixo:


Os trolls
Eles são personagens constantes no MP, rondando pelo oráculo com o objetivo de atormentar o profeta. Mas este sempre carrega consigo um cajado ou machado que os acerta em cheio na cabeça e os mata instantaneamente. Por isso o público (vocês) não veem o quê este autor encara de perguntas trolladas na sua caixa de perguntas quase que diariamente. Mas pelo bem da piada, este autor até deixa alguns trolls vivos, desde que eles sejam engraçados ou tenham um diferencial. Abaixo você vê alguns deles.

vo te hack agr!
Vem então safado!!!1!
De novo? Faz isso não!

vc tem fantasias sexuais com kurt cobain? quem cala consente.
Mas hein? kkk Não sou adepto da necrofilia...
bela saída! Mas e se ele estivesse vivo? vc teria?
Não sou necrófilo nem homossexual.
Essa ideia surgiu depois do post "Os deuses imperfeitos", onde este autor reproduziu os clichês de uma fã idiota de Kurt que acham ele lindo e goxxxtoso, e uns engraçadinhos interpretaram como se fossem palavras pessoais do autor.

fui aprovado pela compania intelect marks suprems of the tutus in the reds ameruican caomnani o cara mais sabio do mundo com algumas descobertas sobre coisas vo lhe mostrar algumas: segundo meus calculos sua máe é maior de idade; vc peida; tem cabelo e barba grande; tem vontade interna de chupar o kurt cobain se ele fosse vivo mas nao adimite por nada; cade meu trofeu de melhor do melhor do mundo em te fazer perguntas sabias?
Peça à companhia, ué. Você não é o sabio que só tem informações verdadeiras sobre mim?
E não é que cismaram com isso?

qual nome dakela musica .. xurastei o xurasgô?
Should I Stay or Should I Go.
qual o nome daquela musica AFILGOOD! ?
Trolla direito, porra. Escreve afilgud.
curte a musica johny bigode?
Única trollada de hoje que teve graça, parabéns.
aff ! não conhece essa musica do chuck perry?? grande profeta rock em.. ta bom eu canto.. estava no banheiro curtindo um som maneeriro, veio um elefante e me molhou inteiro, logo logo logo meu bigode ele lavou e la veio jonhy com seu carro ow ow ow ow gogo goooo johny bigod gogo go johny bigo tã-tã-tã tatatata , tã-tã-tã tatatata tãnana ta-ta-ta ta ta ta jooohny bigoode.. tnã tanã tananana naaaaaaaaaaaaaaaaa uhu!
Esses trolls estão cada vez mais criativos!

po kra, radicau. mas pq vc naum vai se fode?
Essa trollada foi tão boa que eu deixei!
Essa frase foi recebida outras inúmeras vezes depois na Deep MP (minha caixa de entrada).

Já ouviu Organic Cow?
Vaca orgânica? Nunca.
E você ainda se julga o Profeta Rocker? Como alguem se julga o Profeta Rocker e não conhece a banda mais influente do cenário punkgore progressivo indiano? Que absurdo! Pra mim vc é Profeta Poper, isso sim!
E eu te acho um mentiroso por falar que existe Punkgore Progressivo Indiano.

curte fancarioca melodico?
Aquela vertente que surgiu do Punkgore Progressivo Indiano? Adoro.
O Punkgore Progressivo Indiano acabou se tornando piada interna!

Já assistiu Death Note? Caso sim gostou da história? por dhanylo
Nunca assisti não. Só sei da história por terceiros, nunca a fonte. Então como não sei a história completa, não posso dizer se gosto ou não!
Final: Near descobre q light(raito) é kira e o seu shinigami acaba matando light(raito). L morre no meio da história Hahaha eu sou um troll do caralho né...
Observação: Eu já sabia disso, não precisava reforçar.
Este autor sabe ser troll também.

oi meu nome é alfreda silva, mais conhecida na comunidade como alfredinha do molha lambe, fiz um funk bem legal pra voce olha; peeeeeeeeeega esse cabeludo peeeeeeeeeeega esse mataleiro peeeeeeeega traga ele pra gandaia peeeeeeeeeeega chupa o pal e pega as tráia peeeeeeeeega nunca mais vai querer saber do metal pesado peeeeeeeeeega leve ele no bile funk peeeeeeeeega la as mulié vai esvregar a bunda e os peito nele e ele vai querer fica pro funk peeeeeeega esse metaleiro peeeeeeeeeeega esse cabeludo
... Pérola do MP! Acho que os trolls estão se esforçando mais pra aparecer. Enfim, orgia também se consegue no Rock, é só você ser um rockstar. Até Lemmy consegue mulher, já dizia o Gene Simons (recentemente).
kOLÉ MANO mechendo com nossa diva do morro ALFREDINHA DO MOLHA LAMBE??? eu o os lekes aqui te furamo á bala em !!!! n te matamos com um condisão , faça um funk dus manero
Foi ela quem se ofereceu pra mim. Ao meu ver, você já deveria esperar esse tipo de atitude dela.
Isso virou Unidos Contra o Rock agora?

Sempre venho aqui pra te trollar!! Gostaria que você soubesse. Paz!!
Um sem-vida desgraçado que faz os outros perderem tempo. Parabéns, sua vida fez sentido, por você foi lembrado. Um anônimo dentre tantos outros.

Depois, ele voltou...

sentiu menos tolação eses dias eu n to entrando aqui
Está tudo normal, você não é o único troll. Acha que você é especial por acaso?
Os trolls são muito carentes de atenção, precisam urgente de uma companheira pra fazer o que a Alfredinha do Molha Lambe faz.

08/02/2017

Retrô 2011: Brazuca

= Este artigo foi publicado originalmente em 17/01/2012 =

Aqui está a primeira parte dos arremedos de resenha que este autor sempre faz no começo do ano, pra falar dos discos do ano passado. Lembrando que esta Bíblia não resenha demos, LPs, EPs, singles, splits, álbuns de covers, compilações, regravações, relançamentos com uma ou outra coisinha inédita, DVDs, nem obras ao vivo. Seria trabalho demais pra uma pessoa só!

Neste ano existem 6 categorias para dividir o tanto de discos que foram lançados, que são: Rock N' Metal, falando de Rock e Metal tradicionais; Prog & Pagan falando de Progressivo e Folk/Viking Metal (os discos foram tão poucos nesses estilos que tiveram de ser encaixados juntos!); Melódico que fala de... coisas melódicas; Extremo, que fala das coisas... extremas!!!; e Destaques, falando dos discos que foram mais esperados ou receberam maior repercussão..

E esta categoria é a chamada Brazuca, e ela tem como objetivo dar uma forcinha ao Rock/Metal nacional e divulgá-lo ao público deste site. Essa ideia surgiu depois que um certo vocalista de Power Metal disse que é só a banda dele, e mais aquela que tem um negro no vocal, que representam o Metal brasileiro; e que se essas bandas acabarem, o Metal vai enferrujar. Não que o público deste site acredite mesmo nessa tese, mas ele também não conhece a fundo o Rock/Metal da própria terra (assim como o resto do povo), e fica sabendo mais do que surge lá fora. Afinal, que bandas são noticiadas? As lá de fora. E por que ninguém sabe das bandas daqui? Porque as notícias são pouquíssimas ou quase zero. A alma do negócio é divulgação! E é pra isso que essa categoria serve, pra divulgar o som de Odin nas terras tropicais do Samba, praia, caipirinha e prostituição. Deleite-se.

Retrô 2011: Brazuca

Banda: Dr. Sin
Álbum: Animal
Estilo: Hard Rock

Sobre a banda: Dr. Sin é uma das bandas mais conhecidas do Brasil, geralmente conhecida pelo seu hit "Futebol, Mulher e Rock and Roll". Mas a banda é mais que isso! Tem 21 anos de carreira, 10 discos, e apenas 3 músicos, suficientes pelo talento que mostram.
Sobre o álbum: O álbum está animal! Que foi? Você sabe como este autor gosta de fazer piadinha infame Mais uma vez o trio nos surpreende com seu Hard Rock flertando com Progressivo e esbanjando técnica e feeling, como a banda sempre faz com total domínio. E surpreende também ao perceber que cada música tem sua própria cara e seu próprio estilo, umas com harmonia cadenciada, outras com riffs mais pegajosos, outras mais apelativas, outras mais melódicas, outras agressivas, e por aí vai. É até difícil destacar uma música, e mais ainda um só integrante pela sua atuação, pois tudo é grandioso. Resumindo, o disco é uma prova de como há um grande tesouro já lapidado no Brasil, e que só o que falta para ser valorizado, é ser divulgado. Talvez fossemelhor se esse disco fosse cantado em português, pra enaltecer ainda mais a brasilidade, Mas...
Gravadora: Laser Company
Faixas:
01. Animal
02. Lady Lust
03. U R Deleted
04. Faster Than a Bullet
05. Train of Pain
06. Seven Sins
07. Pray for Tomorrow
08. The King
09. Heroes
10. Life
11. Drifter
12. Those Days
13. Witness
14. May The Force Be With You
15. Ninja

07/02/2017

Retrô 2011: Prog N' Pagan

= Este artigo foi publicado originalmente em 11/02/2012 =

Hail! Está aqui a segunda parte das resenhas de discos de 2011, na categoria Prog N' Pagan, ou seja, progressivo e pagão. A categoria Rock N' Metal virá em breve.

Esta categoria existe porque, quando este autor que vos fala separava os discos notáveis de 2011, ele percebeu que os de Progressivo e de Folk estavam em pequeno número, mais eram suficientes para serem notados, e por isso colocou os dois estilos juntos. E essa decisão acabou por não ser tão aleatória assim, pois o Progressivo e o Folk Metal são estilos difíceis de ouvir, que exigem um desafio constante de atenção e dedicação ao ouvinte e inclusive ao fã mais familiarizado no gênero. Além disso, os dois subgêneros são conhecidos por quebrar barreiras pré-impostas e diversificar e se reinventar o tempo todo, numa constante evolução e não deixando de ter o espírito do Metal. Por isso apreciem.


Retrô 2011: Prog N' Pagan

Banda: Queensrÿche
Álbum: Dedicated to Chaos
Estilo: Heavy Metal, Progressivo

Sobre a banda: O Queensrÿche é uma banda importante e já conhecida no meio do Rock Progressivo, que usa de influências do Rock clássico e do Metal para constituir seu som complexo. Ultimamente a banda anda em crise com discos aquém das grandes expectativas criadas, e não se sabe muito bem o porque dessa crise. Muitos preferem colocar a culpa em Geoff Tate, o chefão da banda, por usa falta de criatividade. Mas quem sabe esse disco novo não supera as expectativas ruins?
Sobre o álbum: A primeira faixa “Get Started “ já nos mostra influências bem clássicas e é uma música até bem acessível, poderia até ser um hit, apesar de não ter força suficiente. Contudo a primeira faixa infelizmente não mostra o que ouviremos em seguida: tomamos um susto em seguida com “Hot Spot Junkie“ que beira o Nu Metal, depois com as Alternativas e fracas “Got It Bad” até “Retail Therapy”. Seguem-se depois músicas não-dispensáveis como “Broken” e “Hard Times”, que trazem um clima de introspecção cativante. De forma geral, é só após a metade do álbum que ele começa a andar nos trilhos, apesar de haver mais momentos ruins que bons. E como se não bastasse, a voz de Tate não está boa, talvez pela idade chegando... ou só preguiça de cantar bem mesmo. No fim, o “Dedicated to Chaos” é realmente dedicado ao caos, com músicas aquém das expectativas e que não vale a pena tê-lo em sua coleção, infelizmente.
Gravadora: Roadrunner Records
Faixas:
01. Get Started
02. Hot Spot Junkie
03. Got It Bad
04. Around the World
05. Higher
06. Retail Therapy
07. At the Edge
08. Broken
09. Hard Times
10. Drive
11. I Believe
12. Luvnu
13. Wot We Do
14. I Take You
15. The Lie
16. Big Noize

06/02/2017

Retrô 2011: Rock N' Metal

= Este artigo foi publicado originalmente em 17/02/2012 =

Aqui está a terceira categoria da Retrô, que fala de Rock e Metal, dois estilos que é bom reforçar que estão vivos divulgando-os, para que todos se convençam de uma vez de que não é só porque a Mídia não mostra um Black Sabbath da vida nas notícias, que esses estilos estão mortos. Existem muitas bandas na ativa, e a única coisa que elas não tem, é o seu devido conhecimento. Por isso este categoria existe.

E ela veio rápido dessa vez! Isso porque este autor recebeu ajuda da sua amada valquíria, que também sabe fazer resenhas eloquentes e diretas. Então esta categoria será alternada entre mini-resenhas delas e deste autor, e para diferenciá-las, as que forem feitas por ela serão tingidas de vinho. Espero que gostem do trabalho dela, pois não será o único! ^^

Retrô 2011: Rock N' Metal

Banda: Uriah Heep
Álbum: Into The Wild
Estilo: Rock e umas misturas

Sobre a banda: Uriah Heep é uma britânica formada em 1969 e que continua na ativa até hoje, considerada como uma banda Cult, já lançaram diversos discos e se caracterizam por terem canções melódicas e vocais harmoniosos (o que proporciona uma qualidade ótima).
Sobre o álbum: Ótimo álbum de uma banda que mesmo estando muito tempo junta, ainda consegue fazer um trabalho coeso e nos presenteia com um rock clássico de melhor qualidade, sem deixar de parecer moderno. Este álbum tem uma pegada setentista, que faz parecer facilmente um disco do The Who ou do Led Zeppelin, algo que poucas bandas atualmente conseguem realizar com maestria. O CD começa com “Nail On The Head”, que tem riffs que parecem ter viajado no tempo, “I Can’t See You” tem uma aura Country, e “Believe” é um Hard Rock da melhor qualidade. Este disco poderia muito bem entrar na lista de grandes clássicos do passado, tamanha a qualidade em trazer o espírito do Rock à tona novamente. Excelente aquisição pra quem gosta de um Rock/Hard de verdade e feito com muito bom gosto.
Gravadora: Frontiers Records
Faixas:
01. Nail on the Head
02. I Can See You
03. Into the Wild
04. Money Talk
05. I'm Ready
06. Trail of Diamonds
07. Southern Star
08. Believe
09. Lost
10. T-bird Angel
11. Kiss of Freedom
12. Hard Way to Learn


05/02/2017

Retrô 2011: Melódico

= Este artigo foi publicado originalmente em 09/03/2012 =

Em pleno nove de março e este autor fazendo resenha de disco de 2011! Pois é, o tempo livre deste autor está ficando curto pra essas coisas! Mas e daí, não é? O objetivo dessas resenhas é o leitor ficar conhecendo mais do mundinho do Rock/Metal, então o ano que os CDs foram lançados é irrelevante.

Nesta parte, o tema é Melódico, que tratará do Doom Metal, Sinfônico e Power Metal - e não tratará nenhuma banda como gótica, pois Gothic Metal não existe. Os 3 estilos desta edição são muito criticados e desprezados pelos headbangers atuais, porque eles estão cansados de tanta firula, enrolação, fórmulas repetidas e mais-do-mesmo, e essa crítica se estende até pras bandas de qualidade e são dignas de respeito. Freud explica esse fenômeno? Deve explicar, mas esta Bíblia prefere concluir que simplesmente não faz o estilo desses bangers. Agora divirta-se.


Retrô 2011: Melódico

Banda: Amorphis
Álbum: The Beginning of Times
Estilo: Progressive, Doom, Melodic Death Metal

Sobre a banda: Amorphis é uma banda que está de penetra por aqui, pois além de não haver um espaço pra uma banda como ela, ela também é excluída por ser única. Como você viu acima, ela toca esses três estilos ao mesmo tempo, e no início tocava Doom e Death com levadas bem depressivas, que os rotulava até como góticos. Só acompanhando a banda mesmo pra entender um pouco da complexidade e diversidade de sons.
Sobre o álbum: É bem verdade que qualquer obra do Amorphis sempre foi difícil de rotular, pois a banda nunca quis se prender a algum gênero específico, e sim fazer obras densas, intensas e pesadas com muita técnica. É isso que encontramos nesse álbum, de difícil audição e complexidade notável. Depois de acostumado aos desafios constantes aos ouvidos, o ouvinte começa a perceber a beleza misteriosa desse álbum, que é uma obra conceitual baseada na história de Väinämöinen, um personagem folclórico finlandês, carregada de criatividade e um estranho jeito de compor, mas rico e muito profundo. É difícil de engolir, mas depois de entendido, as coisas aparecem como elas são: belíssimas e de personalidade latente. É uma ótima pedida pra quem gosta realmente de versatilidade e personalidade.
Gravadora: Nuclear Blast
Faixas:
01. Battle for Light
02. Mermaid
03. My Enemy
04. You I Need
05. Song of the Sage
06. Three Words
07. Reformation
08. Soothsayer
09. On a Stranded Shore
10. Escape
11. Crack in a Stone
12. Beginning of Time

04/02/2017

Retrô 2011: Extremo

= Este artigo foi publicado originalmente em 07/04/12 =

HAIL! Um hail bem forte para você leitor, pois aqui está a parte mais pesada, extrema e AAAAAAAAAAAHHHH da Retrô 2011. Esta é a parte que vai falar do Metal Extremo que está no inconsciente coletivo como "aquele tipo de Rock pesado feito por uns cabeludos que não tomam banho e agitam a cabeça feito loucos". Essa descrição não deixa de estar certa, mas o Metal Extremo é mais que isso. Inclusive ultimamente, onde ele está buscando influências sonoras externas e incorporando-as, tornando seus sons mais cadenciados e até melódicos, numa estranha união entre o Melódico e Extremo. É a evolução!

Esse maravilhoso fenômeno da evolução é o que você vê agora em pequenas análises deste autor, e uma que sairá em breve feita pela Primeira Dama como bônus, quando ela tiver tempo. Nem todos são vagabundos como este autor.


Retrô 2011: Extremo

Banda: Jag Panzer
Álbum: The Scourge of the Light
Estilo: Heavy Metal, Power Metal

Sobre a banda: Esta é uma banda que tá aqui de penetra! É um Power Metal de raiz que não tem aquela claridade e clima heroico e luminoso do Melódico comum atual, é como se fosse da família do Grave Digger, mas sem linhas de teclado. Bom, por isso essa banda está aqui, pois ela tem seu peso e características que remetem mais a um Metal sujo do que um gloriosamente épico.
Sobre o álbum: A velha força de guitarras é o que dita as regras nesse disco, que também representa um tipo de retorno ao Power Metal old-school sem aquelas sonoridades sinfônicas cinematográficas. Aqui vemos riffs arrastados, uma bateria por vezes agressiva, e até passagens melódicas, mas que são apenas andamentos mais lentos ou prolongados, onde as guitarras mostram seu poder de envolver o ouvinte. Também somos agraciados com uma voz inspirada e potente que está em uma ótima forma. O álbum é bem produzido e variado em termos de composição, pois não tem fórmula definida, e é uma ótima oportunidade de saber como é o Power Metal old-school sem teclados, firulas e que remete mais ao que os “especialistas” chamam de Speed Metal.
Gravadora: Steamhammer Records
Faixas:
01. Condemned to Fight
02. The Setting of the Sun
03. Bringing the End
04. Call to Arms
05. Cycles
06. Overlord
07. Let It Out
08. Union
09. Burn
10. The Book of Kells

03/02/2017

Retrô 2011: Destaques

= Este artigo foi publicado originalmente em 29/04/12 =

Hail! Esta é a última parte da Retrô de 2011, que fala dos discos lançados em 2011 em pleno final de abril de 2012. Nesta edição você pode observar que só vão aparecer bandas famosonas que lidam com muita pressão e que qualquer coisa que elas fazem, se torna notícia ou assunto de discussão. Se um integrante cortar o cabelo, vai ser assunto de discussão. Se a banda mudar de gravadora, o futuro da mesma vai estar em cheque. E se algum integrante for substituído... É O FIM DO MUNDO!!! A pressão que essas bandas são vítimas é muito grande, por isso este autor vai contribuir pra isso e analisar seus discos.

E essa edição também tem a participação da Primeira Dama, que ficou muito feliz pela recepção positiva que recebeu em sua última participação, e que por isso, vai resenhar bandas desse ano também! Menos trabalho pra este autor, e mais variação pra quem não quer ver só análises do profeta. E lembrem-se que as análises dela estão em vermelho. Aproveitem.


Retrô 2011: Destaques

Banda: Symphony X
Álbum: Iconoclast
Estilo: Progressive Metal

Sobre a banda: O Symphony X é uma banda adorada de 10 entre 5 fãs de Metal Progressivo, e o melhor é que não é melodicamente cansativa como a maioria das bandas, mas é pesada e agressiva. Seu estilo único marcou seu nome na história desse estilo apresentando experimentações e sonoridades inovadoras a cada álbum (que de 1994 pra cá, demora uns 4 anos pra serem lançados). O disco anterior de 2007 "Paradise Lost" foi muito bem recebido, e percebemos uma sonoridade nitidamente diferente neste último álbum de agora.
Sobre o álbum: Em si, esta é uma obra de Heavy Metal pesado e escura embalada com muita técnica e influências de vários outros estilos, uma síntese de muitos sons que se unem e trazem uma variação grandiosa e uma surpresa a cada faixa. Temos um vocalista agressivo que passa o tempo inteiro gritando e uma bateria cavalgante que deixa o ouvinte sempre ligado e atento a cada quebra de ritmo, e riffs arrastados que mudam da água pro vinho, para uma virtuosidade grande em momentos precisos, pra preparar a atmosfera tensa e ao mesmo tempo luminosa do álbum. Esse é um trabalho pra nenhum fã chato colocar defeito, exceto por aqueles que não gostam de evolução e vão viver pra sempre na era do "The Divine Wings of Tragedy". "Iconoclast" foi certamente um dos melhores trabalhos de 2011.
Gravadora: Nuclear Blast
Faixas:
01. Iconoclast
02. The End of Innocence
03. Dehumanized
04. Bastards of the Machine
05. Heretic
06. Children of a Faceless God
07. Electric Messiah
08. Prometheus (I Am Alive)
09. When All Is Lost

Retrô 2012: Me pergunte

= Este artigo foi publicado originalmente em 23/01/13. =

Hail! Pra começar a primeira parte desta Retrô de 2012, vamos enrolar os leitores com conteúdo humorístico e fazer uma retrospectiva de coisas que aconteceram no antigo MP. Como sabem, ele foi hackeado, mas este autor é profeta e previdente, e sabia que deveria salvar as melhores perguntas para o futuro. E elas poderão ser vistas abaixo. Divirta-se!


Perguntas Preciosas
A conta do Profeta foi hackeada pelos adms da página do Facebook "Irmãos do Rock". Este autor não sabe exatamente qual é o endereço correto dela, pois existem várias "Irmãos do Rock". Mas no tempo em que este autor viu a original, viu posts sem criatividade que falavam coisas banais como "Heavy Metal: Por um mundo melhor", com a foto de uma banda de Metal. Também havia uma que era... "Metalcore: Por um mundo melhor". Pois é, que merda!

Enfim, algumas perguntas com respostas bem interessantes foram salvas. Eis elas:

Pode me falar sobre a banda System Of A Down?
Posso.
Respondi a sua pergunta corretamente.
E ninguém há de dizer que é mentira.

Oi marina! =D
Você está equivocado, eu sou o Rubens.
Na verdade eu era o Sandro.

Meu caro vc n acha que o Stratovarius e o Gamma Ray tem um toque de black metal ,e pq o Ozzy morreu e o Dio ñ?Tem sim, certamente. Eles também tem claras influências do Forró, pois as duas bandas tem integrantes que usam cabelos grandes e com chapinha, além de usar melodias bregas de teclado.
O Ozzy morreu porque ele desgostou de Lady GaGa, e Lilith ficou brava com isso, e incorporou um fã de Ozzy para matá-lo.

profeta eu keria se anarquita + minha mae n deicha como eu convenso ela???//Você não pode convencer pais de nada que seja extremo. Quando você for dono do seu próprio nariz, pode ser anarquista, comunista, nazista, skinhead, até um joão-de-barro se assim você quiser. Mas enquanto você morar na casa da sua mãe, você vai ter que obedecê-la.
E assim um rockeiro revoltado pegou suas coisas, foi embora e não queria mais voltar.

O que é rock rural que sá & guarabira e o zé rodrix dizem que tocam ?
O Rock Psicodélico era tocado por gente como Emerson, Lago & Palmeira e Zé Rendrix, é o que eu sei. Mas sobre Rock Rural, acho que a resposta para sua pergunta está em Cocoricó.
Este autor respondeu a pergunta, mas até agora não sabe o que disse.

se vc descobrisse que um amigo seu tava afim de vc, como vc reagiria?
Desse jeito: pow meu, eu sei que minha bunda é bonita, mas além de eu estar comprometido, eu sou hétero! Foi mal ae, mas eu não sou pra você.
.... sua bunda é bonita mesmo?
A Cintura de Kuiper (português europeu) ou Cinturão de Kuiper (português brasileiro), também chamada Cintura de Edgeworth ou Cintura de Edgeworth-Kuiper, é uma área do sistema solar que se estende desde a órbita de Neptuno (a 30 UA do Sol) até 50 UA do Sol. Os objetos do cinturão de Kuiper são comumente chamados de KBO (Kuiper belt object).
A velha tática de pegar algo da Wikipedia e fugir do assunto.

costuma cantar no banheiro? com vocal gutural? quais músicas?
Eu costumo cantar no chuveiro em gutural sim. Minhas preferidas são "Someone Like You", "Garoto Errado", "Eu Quero Tchu Eu Quero Tcha", e muitas outras.
E a predileta é o hino do Botafogo em gutural.

Eu to na loja,que uma loja que só vai Rockeiro, e entra varias gurias bonitas,bem que eu queria ter coragem de falar com uma,mais eu so feio e tenho cara de retardado,chego falando oq pra parecer menos maluco?
O FIM ESTÁ PRÓXIMO!!! ARREPENDAM-SE!!!!
Essa nunca falha. Vai por mim que as mina pira quando os leke manda essa.

Você bebe ou fuma? De vez em quando eu tomo uma cervejinga, porque eu acho o gosto bom, não pra ficar bebado que nem uns amigos meus fazem... Whisky pra mim tem gosto de gasolina (e a ultima vez que eu tomei fiquei sentindo o cheiro do negócio uns três dias) e Vodka é alcool. Alías, falando em alcool, se for beber pra ficar bebado, bebe umas doses de alcool Zulu 1.6, quero ver você não ficar bebado. Esse alcool ai eu já bebi, uma tampinha, e logo em seguida virei o copo de leite (porque tira o leite né), mesmo assim minha garganta ardeu pra caramba. Fiquei tonto na hora véi...
Eu só bebo socialmente. Não tenho motivo pra beber quaisquer dessas bebidas sem nenhum motivo pra não focar sóbrio. E também não fumo, mas já fui fumante passivo.
E não era preciso contar Crônicas de um Anônimo Bêbado.
Exemplo de mlk zika v1d4 l0k4 que não é funkeiro.

algem me ama?
Sim, a Juju Carente.

Você tem algo contra os narigudos ? me fale narigudos no rock roll?
Sim, sou contra gente que tem nariz grande. Quando eles tem coriza é foda, porque você pode nadar naquele mar de muco que eles deixam no chão, vindo de suas torneiras que chamam de narizes.
Um grande rockeiro narigudo é o Eddie, o mascote do Iron Maiden. Ah, também tem o mascote do Misfits, nareba maior do que a do Luciano Hulk.

Profeta, quais bandas de rock tavam ativas nos anos 90 ?
.... BANDAS PRA CARALHO! O Five, o NSync, o Backstreet Boys, o West Life, entre muitas outras. Não vou ser louco de dizer todas!
CARALHO, é rock profeta , quais tavam ativas nos anos 90 ?
Eu já disse que não vou listar todas as bandas de Rock ativas em 90, porque eu seria louco se fizesse isso. Nenhum ser humano tem esse tipo de resposta na ponta língua.
Mas se quiser, tem o É O Tchan, Banda Eva, Areketu, Molejo, Só Pra Contrariar...
Que pessoa mais exigente, sô!

Não curto mistérios, curto respostas diretas, então por favor, me responda a sua idade, e agr, outra pergunta, a 1ª dama é sua namorada, ou uma amiga?
Creio que você não esteja em posição de me exigir algo.
E a Primeira Dama é minha amiguinha, minha amiga colorida. Tanto que a gente até finge que namora, fazemos muitas coisas juntos, nos ligamos todo dia, também fazemos amor, mas é tudo na base da amizade. E também brincamos que vamos nos casar e ter filhos, acredita? Mas a gente é só amigo ^^
Que imponência na pergunta do anônimo, não?

Sei que vc não vai responder direito, mas enfim, quantos anos você tem?
Você acertou. E essa sua premissa mostra como você tem um instinto masoquista adormecido.
hahahaha É verdade, acho que tenho um instinto masoquista mesmo, mas você poderia me desapontar e responder quantos anos você tem ;)
Melhor não, não gosto de desapontar pessoas. - apesar de fazer isso às vezes, mas é sempre sem querer (ou de propósito). Mas o seu caso é diferente, você quer que eu te decepcione, o que confirma seu instinto masoquista. Por isso recomendo você procurar um psiquiólogo.
Nem Freud me entenderia, se eu procurasse um psicólogo seria perda de tempo e de dinheiro rsrsrs. Agora, me diga seu nome, e prometo parar de encher o saco ^^
Freud explicaria sim, isso se chama insistência. E você ainda vai encher muito o meu saco com isso ^^
Insistência? Talvez rsrsrs E sim, eu vou encher o seu saco com isso porque você ainda não me disse a sua idade, então faça o que deve se feito e livre-se de mim :)
"Talvez" não, certeza que é isso. E você pode encher esse MP de perguntas que eu não vou dizer. Eu não vou me cansar disso. E você, acha que aguentará continuar?
Com certeza. Não sou de desistir, não mesmo. Me fale a sua idade de uma vez, porque esse será o fim inevitável, e nos poupe de mais chateações :)
NOS poupe? Eu já estou acostumado com stalkers, a sua mera presença não me chateia. Você quem deve se cansar no futuro.
hahaha Eu tb não vou cansar por tão pouco, a única coisa que tenho que fazer é entrar, ver sua resposta e dar a minha réplica, então... Me diga de uma vez e seu livre de mais um stalker, acho que não somos agradáveis :} srsrsrs
Vocês não são agradáveis ou desagradáveis... o único stalker desagradável que teve foi a OiProfeta, que a Primeira Dama teve até que matá-la de tanta chateação. Mas fora isso, nas próximas perguntas suas é possível que eu apenas diga um sonoro "não". Não por estar cansado disso, mas porque é menos trabalhoso dizer só "não".
Menos trabalhoso que dizer não, é escrever a sua idade, que deve ter 2 dígitos =)
Deve ter né! Eu devo ter 100 anos também. Mas vou deixar você e todos nesse mistério. Além disso, aposto que você tem coisa melhor pra fazer na sua vida.
Ah, assim sim. E sim, eu tenho coisas muito melhores pra fazer na minha vida, mas a minha curiosidade é foda, fazer o q
Não fazer nada.
Não, prefiro insistir e te perguntar de novo a sua idade :)

Então, qual é a sua idade? Um Tá não resolve a minha vida, saber a tua idade tb não, mas...
Não vou dizer.
Cansou, mas finalmente, o anônimo mais insistente da história do MP foi derrotado. Infelizmente, algumas perguntas do meio foram perdidas.

01/02/2017

Retrô 2012: Brazuca

Hail! Depois de enrolar tanto, este autor finalmente vai iniciar as resenhas de discos de 2012. E inicia com os discos brasileiros que você nem sabia que tinham sido lançados, por causa da pouca atenção que os brasileiros dão pro seu próprio PIB rockeiro e headbanger. como o ilustríssimo militante nacionalista metalístico Edu Falaschi diz muito bem. Tudo bem que o grande público não tem oportunidade de conhecer bandas nacionais por conta da falta de divulgação e desinteresse por parte das gravadoras e produtoras em investir em bandas nacionais, mas com a internet e selos independentes, não tem desculpa! Precisamos dar destaque ao que é nacional, e é pra isso que esta retrospectiva serve

Nota do Profeta de 2017: Originalmente, este artigo tinha duas partes. A primeira foi publicada em 17/02/13, e a segunda, em 18/03/13. Este autor uniu os dois artigos porque excluiu da lista algumas bandas que não eram tão boas assim, tornando o artigo menos longo.

Retrô 2012: Brazuca

Banda: Golpe de Estado
Álbum: Direto do Fronte
Estilo: Rock

Sobre a banda: Essa é uma que os fãs de Rock nacional tem quase obrigação de conhecer. Ela nasceu em 85 e esteve à margem da fama, conhecida apenas pelos fãs mais assíduos do Rock brasileiro. A banda lançou sete discos com grande intervalo entre eles, teve um hiato que durou 8 anos, e agora regressa com seu oitavo disco, que toca um Rock clássico brasileiro de alta qualidade. A capa engana, né, parece Punk Rock...
Sobre o CD: Quando se trata de bandas brasileiras, você pensa primeiro na letra, se ela é em inglês ou português. E se é em português, você espera o mínimo de complexidade nas letras, por já estar acostumado ao Rock oitentista que falava sobre coisas que a gente não entende complexas e marcantes. Por sorte, essa banda segue essa proposta mesmo, e te faz prestar atenção nas letras bem desenvolvidas que são cantadas com aquela ginga oitentista. Já o instrumental é bom do jeito que é, sem excessos, mas com boas sacadas de riffs e uma cozinha operante e animada. Tudo é executado com naturalidade e fluidez, num disco hegemônico que faz todas as faixas terem seu espaço e toque especial. Não é um álbum pra se agitar como doido, é mais pra curtir um som de respeito. E respeito é o que essa banda merece pelo feliz lançamento.
Faixas:
01. Falo Que Não Faço
02. Marymoon
03. Feira do Rato
04. Um de Nós
05. Onde Há Vida
06. Rockstar (participação de Dinho Ouro Preto)
07. Fora Da Ordem, Dentro Da Lei
08. Notícias do Fronte
09. Gente Pirata
10. Perfume de Jasmin
11. Numa Bolha
12. Fogo Nos Olhos

Banda: Huaska
Álbum: Samba de Preto
Estilo: Rock Alternativo

Sobre a banda: Este autor não gosta de resenhar bandas de Rock Alternativo - muito menos de ouvi-las - mas dessa vez, teve que abrir uma exceção. O Huaska é uma banda que faz a imprevisível combinação entre Rock e Samba/MPB, se auto-intitulando Bossa Metal (que bossa de nome) e dando vontade de conferir por si mesmo essa banda, pra ver se essa união funciona mesmo, despertando o interesse inclusive de quem não tem apego nenhum ao Samba, MPB e Bossa Nova. Mas quem sabe esse disco não é uma boa chance de conhecer melhor esses estilos? Isso é um exercício de mente aberta.
Sobre o CD: Sim, essa união funciona! A cozinha e riffs pesados se juntam ao violão e voz "normais", e voilá, Bossa Metal. Sim, infelizmente, ele fica um pouco em segundo plano, e aparece mais nas aberturas, solos e encerramentos, não mantendo essa união por todas as músicas. Mas é suficiente pra curtir e ficar admirado com essa proposta ter dado tão certo. E quando a banda não investe nessa união instrumental incrível, usa o violão pra fazer harmonias calmas, cativantes, emocionantes e lindas, pra alegria de todo amante do som brasileiro das antigas. do tempo que Tom Jobim babava pela garota de Ipanema. Além disso, as letras são profundas e tocantes, como é do estilo. Os destaques do álbum são "Foi-se", que tem videoclipe, "Chega de Saudade" que é um cover de uma música do Tom, "Ainda Não Acabou" que é onde essa união mais se sustenta e encanta, "Gávea" que representa muito bem a paixão que o brasileiro tem pelo futebol, e "Samba de Preto", que tem participação especial de Elza Soares. Enfim, esse álbum é um ótimo registro de uma das bandas mais inovadoras e originais do mundo.
Faixas:
01. Ainda Não Acabou
02. Samba de Preto
03. Foi-se
04. Branco e Verde
05. Gávea
06. O Mar
07. Avoar
08. Let’s Bossa
09. Otelo
10. Chega de Saudade

Banda: Sedna
Álbum: Sublime End
Estilo: Grunge, Stoner

Sobre a banda: Essa banda underground de som ligeiramente alternativo foi um dos destaques de 2012... lá fora. Pois é, com um país que não dá valor pro Rock nacional, é de se esperar que isso aconteça. Nascido em 2012 em Maceió, seu rótulo é difícil de ser determinado, então muitos chamam de Stoner Rock/Metal Grunge e Hard Rock, e a verdade é que... é tudo isso mesmo.
Sobre o CD: O disco soa estranho à primeira vista, por causa da sua sonoridade incomum para a maioria. Aqui temos timbres graves, cadenciados e dramáticos, uma produção um tanto suja, e muita experimentação. Mas passadas as primeiras impressões, conseguimos perceber as qualidades do disco: o vocalista tipicamente Grunge que passa várias emoções e timbres que embalado pelos backing vocals, os riffs sujos que formam uma atmosfera intensa que é intercalada por alguns solos agudos, as batidas e velocidade medianas que auxiliam na construção dessa atmosfera, dotada de personalidade ímpar. "Sublime End" em geral é poético e artístico na sua essência, diferente na forma com que se apresenta, não precisando ser rápido, pesado ou estridente pra ser bom. A banda disponibilizou o álbum inteiro pra audição e download gratuito, e como várias outras bandas mostradas aqui, é recomendado que se tenha esse álbum em mãos. Este aqui é uma pérola.
Faixas:
01. Storm at the Gates
02. Phasya 8
03. Failing at Life
04. Empathy
05. Our Damnable Need to Speak
06. Existence in Blank
07. Of Wounded Prides or Fallen Hopes
08. Charger
09. Inside Echoes
10. Worm after Wisdom
11. Slick
12. Overcoming the Worthless
13. Fall from Grace

Banda: Black Drawing Chalks
Álbum: No Dust Stuck On You
Estilo: Stoner Rock, Alternativo

Sobre a banda: Essa é uma banda que não tem nenhum toque brasileiro, fazendo muitos desavisados ficarem surpresos ao saber que vem daqui, de Goiânia, nascida em 2009. No início da carreira, ela teve muita fama na MTV, que a mostrava quase o tempo todo como uma "promessa-de-banda-com-potencial-pra-crescer", e foi isso que aconteceu mesmo.
Sobre o CD: Com a pegada Stoner Rock (Rock com tom cadenciado e grave, simplesmente), e harmonias e influências Alternativas (razão pela MTV ter gostado dela, claro), a banda traz algo diferenciado para os ouvidos acostumados ao tradicional, consolidando sua personalidade própria. Já podemos dizer que seu segundo disco é melhor que o primeiro, pois a produção é mais trabalhada e as composições são mais maduras, apresentando guitarras bem distorcidas, voz de timbre alternativo e batidas fortes que se mantém num ritmo confortável pra uma atmosfera intensa. Alguns destaques são "Street Rider", de longe uma das músicas mais assimiláveis do disco, "No Anchor", que segundo fontes, é uma música da década de 70 e gravada em 2012... se você não entendeu, nem eu, mas a música é boa; e também "I've Gor Your Flavor", que é o mais próximo de Rock agitadinho que temos por aqui. Tem outras músicas em destaque, mas é bom ouvir os disco pra saber quais são, pois cada música apresenta elementos mais agradáveis pra cada pessoa.
Faixas:
01. Famous
02. Cut Myself In Two
03. Street Rider
04. Walking By
05. No Anchor
06. Disco Ghost
07. I’ve Got Your Flavor
08. Simmer Down
09. Swallow
10. Immature Toy
11. Black Lines
12. Little Crazy
13. The Stalker
14. Deni’s Dream
15. Cheat, Love and Lies

Banda: Kiara Rocks
Álbum: Todos Os Meus Passos
Estilo: Rock Alternativo

Sobre a banda: Kiara Rocks é uma banda de Rock Alternativo, formada por Cadu (que participou do programa "Solitários", no SBT) no vocal, Anselmo na guitarra, Juninho no baixo e Ivan na bateria. Formada em 2010, conta com dois discos lançados, O auto-intitulado de 2010 e o que vou resenhar abaixo, Todos Os Meus Passos de 2012.
Sobre o CD: Se alguns fãs e pessoas que já estão familiarizadas com o primeiro disco, perceberão que algumas musicas não assim tão inéditas, as faixas "Mais uma noite", "Todos os Meus Passos" e "Invisível" estão presentes no disco de 2010, mas agora retornam com arranjos diferentes e mais elaborados. Esse disco foi produzido por Matt Sorum (The Cult, Guns N'Roses, Velvet Revolver) e a participação especial de Sebastian Bach (Skid Row) e Tracii Guns (LA Guns). "Marcas e Cicatrizes" é a faixa que abre o disco, com uma pegada já característica da banda, os vocais marcantes de Cadu e riffs bem planejados. A próxima já é uma das conhecidas, mas com uma roupagem diferente que a deixou com um andamento mais rápido (e que eu achei que ficou melhor). "Com Ódio e Gasolina" também é uma das faixas importantes (com clipe oficial); depois vem mais uma das conhecidas e a "Assim que Você Acordar" que é incrível com seus solos criativos e muito bem executados, formando uma atmosfera calma, mas que ao mesmo tempo possui os vocais fortes, demarcando esse contraste. A "Careless Whisper" conta com uma parceria de Sebastian Bach, uma música muito boa que tem um diferencial pela voz, por vezes gritada, mas que deixa a marca da banda com letra em inglês. A próxima "Não Vai Adiantar", começa com a voz de Cadu um pouco distorcida, o que dá um efeito diferente e bacana, além de que ele está com a voz um tanto arrastada (como se tivesse bêbado =P), mas o resultado final é uma musica incrível. "Meu Melhor Caminho" já é mais calma no inicio, mas que não tem tanta agressividade quanto as outras. Em síntese, é um bom CD, pra quem gosta e pra quem não ainda não conhece o trabalho deles.
Faixas:
01. Marcas e Cicatrizes
02. Mais Uma Noite
03. Com Ódio e Gasolina
04. Todos Os Meus Passos
05. Assim Que Você Acordar
06. O Som
07. Careless Whisper
08. Não Vai Adiantar
09. Meu Melhor Caminho
10. Invisível (l.C.E.)
11. Assim Que Você Acordar (faixa bônus acústica)
12. Mais uma noite (faixa bônus acústica)

Banda: Wild Child
Álbum: Inside My Mind
Estilo: Rock moderno

Sobre a banda: Curitibana e nascida em 2010, a banda não busca pegar várias influências diferentes pra apresentar um Rock mais único e próprio. E seria ótimo que as pessoas focassem nisso, ao invés de reduzir a banda à "aquela banda daquele carinha maneiro que tem um vlog!".
Sobre o CD: Ele está disponível pra download no site oficial da banda (que por acaso, está indisponível) e no PalcoMP3. E a diversidade contida aqui é total, cada faixa tem sua própria personalidade e sonoridade, pode ir do Pop Rock e Alternativo com influências de Nickelback e Pearl Jam até ao Hard Rock com influências do dito "Rock moderno". E cada integrante tem sua vez: o baixista sabe marcar sua presença com grande talento, o guitarrista cumpre seu papel com eficiência, o baterista... não tem tanto destaque, mas consegue imprimir sua marca, e o maior destaque fica para o vocalista (o carinha do vlog!) que mostra enorme potência e feeling em sua voz, sendo impossível não reconhecer seu talento e habilidade. Sua voz remete aos timbres dos vocalistas de Grunge ou Alternativo dos anos 90, e sua versatilidade é singular, certamente o maior tesouro do grupo. Além disso, as música também trazem letras refliexivas e relevantes.
Faixas:
01. Inside My Mind
02. Live Memories
03. My Evolution
04. Jump Now
05. Take My Time
06. You Changed My Whole Life
07. At Your Side
08. Out of Patience
09. Wild Child
10. Just Like Yesterday
11. Homeless
12. A Man Without Heart